compartilhe>

 

Conforme informações de diversos veículos de comunicação, nesta quarta-feira (13/01), o líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Williams Herbas Camacho, conhecido como Marcola, foi transferido do Presídio de Segurança Máxima de Presidente Venceslau por meio de mega operação iniciada na madrugada.

 

Além de Marcola, outros 21 presos, que fariam parte da cúpula da facção criminosa, também foram transferidos na mesma operação para outros presídios fora do Estado. Especula-se que serão enviados para Rondônia e Rio Grande do Norte. O objetivo seria impedir um resgate que estaria prestes a acontecer.

 

O governador do Estado, João Dória (PSDB) e o grupo que compõe a Secretaria da Segurança Pública (SSP) convocaram uma coletiva de imprensa às 14h para esclarecimentos a respeito da transferência dos presos.

 

Não afeta a raiz do problema

Dado às características da organização criminosa, sua organização descentralizada, e com competências separadas entre células, sua alta penetração social e a forma que exerce o domínio sobre os apenados, é muito pouco provável que estas  transferências irão afetar o funcionamento da facção, ou reduzir sua penetração e controle sobre a população carcerária.

 

A ausência do estado que se manifesta em efetivo funcional reduzido, superlotação e deterioração da infraestrutura das unidades devido a falta de investimentos, impacta de forma muito mais profunda o desenvolvimento da facção.

 SIFUSPESP

Independente das facções criminosas, os servidores do sistema prisional paulista estão no controle do sistema por meio da sua prestação de serviço redobrada devido as condições de trabalho. O SIFUSPESP pede que todos os companheiros de trabalho redobrem a segurança dentro e fora de suas unidades. Pedimos também, aos trabalhadores que surgindo qualquer situação adversa, comuniquem o sindicato.

"As redes sociais e telefones do SIFUSPESP estão abertos para ouvir os companheiros de trabalho e ajudá-los. Sabemos que controlamos o sistema prisional. Estamos ali diariamente, ainda que desvalorizados, mas temos em mente que nosso trabalho é o que segura o sistema penitenciário do Estado de São Paulo", afirma o presidente do SIFUSPESP, Fábio Jabá.

 

 

Leia as matérias:

https://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,marcola-e-21-homens-da-cupula-do-pcc-sao-transferidos-para-presidios-federais,70002719467

 

https://exame.abril.com.br/brasil/apos-descoberta-de-plano-de-resgate-marcola-lider-do-pcc-e-transferido/

 

https://noticias.r7.com/sao-paulo/marcola-ficara-22h-por-dia-isolado-e-sem-visita-intima-em-novo-presidio-13022019

 

https://veja.abril.com.br/brasil/marcola-e-transferido-para-presidio-federal-de-mossoro/

 

https://istoe.com.br/marcola-e-21-homens-da-cupula-do-pcc-sao-transferidos-para-presidios-federais/