compartilhe>

Droga estava em sedex enviado por familiar à unidade

 

por Giovanni Giocondo

Policiais penais do Centro de Detenção Provisória(CDP) de Suzano,  na Grande São Paulo, conseguiram impedir que nove maços de cigarros contendo pelo menos 59 gramas de cocaína chegassem ao poder de um detento, em apreensão feita neste domingo(31).

De acordo com os servidores, a droga foi embalada pela mãe do sentenciado, que fez o envio do entorpecente pelos correios - o sedex - que tem sido a única opção para encaminhar produtos aos presos desde a suspensão da entrega do jumbo, em março.

A cocaína escondida em substituição ao filtro de 180 cigarros só foi identificada com ajuda do scanner, que permitiu a visualização de manchas incomuns nos maços. Ao abrir o conteúdo, verificaram a presença da droga.

Conforme determinam os procedimentos padrão da Secretaria de Administração Penitenciária(SAP), a mãe do sentenciado foi  excluída do rol de visitas e o caso encaminhado para apuração disciplinar interna.