compartilhe>

Serviço: Educação/ Pós-graduação

Local: São Paulo

Como funciona: Inscrições no site https://www.faculdadevangogh.com.br

Valores: Para associados ao SIFUSPESP e seus dependentes, descontos que vão até 70% nas mensalidades, além de matrícula a R$49.Vide tabela abaixo:

Inscrições abertas:

Convênio renderá a associados e dependentes descontos de até 70% em cursos como Engenharia Civil, Administração, Arquitetura e Urbanismo e Engenharia da Computação

 

Reconhecida como a instituição que acolhe com benefícios exclusivos os estudantes que trabalham nas Forças Armadas e nas carreiras da segurança pública, a Faculdade Van Gogh agora estenderá sua formação em ensino superior de qualidade para os policiais penais. Isso graças a uma parceria com o SIFUSPESP, fechada nesta semana e que vai oferecer uma promoção especial para os associados e seus dependentes.

O processo seletivo já está aberto para os cursos de Engenharia Civil, Administração, Arquitetura e Urbanismo e Engenharia da Computação. Para fazer a inscrição, basta acessar o site https://www.faculdadevangogh.com.br

No portal, também é possível consultar o regulamento sobre utilização do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e o concurso de bolsa de estudos de até 100%, por mérito acadêmico.

Para os sócios, a matrícula promocional tem o valor de R$ 49 e de imediato, todas as graduações terão desconto de 50%, sendo 35% referentes ao pagamento pontual +15% do Programa de Formação Superior de Segurança Pública. O sócio ainda poderá obter mais 20% de desconto caso indique pelo menos dois amigos para os cursos. Para comprovar o vínculo com o SIFUSPESP e obter o benefício, basta apresentar o holerite.

As aulas começam no dia 18 de fevereiro. A Faculdade Van Gogh fica dentro do Colégio da Polícia Militar, situado à rua Bento Quirino, 467, na Vila Talarico, zona leste de São Paulo.

As bolsas estão condicionadas à oferta de vagas e cursos.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone/whatsapp: (11) 99148-2896

Confira a seguir a tabela de valores dos cursos:





Na segunda reunião, grupo de trabalho finalizou o texto da Proposta de Emenda à Constituição estadual paulista e minuta será encaminhada ao governador pelo secretário de Administração Penitenciária, Nivaldo Restivo


Por Fórum Penitenciário Permanente

O grupo de trabalho (GT) que está elaborando a regulamentação da Polícia Penal paulista se reuniu pela segunda vez nesta terça-feira (21), na sede da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).

Neste encontro, o GT tratou exclusivamente da minuta do texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) estadual, que é o primeiro passo para que a Polícia Penal passe a fazer parte da legislação e do ordenamento jurídico de São Paulo. 

Na avaliação dos dirigentes do Fórum Penitenciário Permanente, formado pelo SIFUSPESP, SINDASP e SINDCOP, o texto contempla aos anseios da categoria para a transformação da carreira dos agentes penitenciários em policiais penais. A PEC também está alinhada à regulamentação que tem sido adotada em outros Estados do país

Agora o secretário da SAP, coronel Nivaldo Restivo, vai entregar a minuta ao governador João Doria (PSDB), e o Executivo encaminhará a PEC para tramitação e votação pelos deputados na Assembleia Legislativa.

A próxima reunião do GT ocorre em 28 de janeiro, quando estarão em pauta a reelaboração do organograma da SAP e a construção da lei orgânica.